Vazou uma poesia
aqui pelo canto da página,
foi correr mundo,
com sorte desabotoar
as idéias, soltar as rimas
romper fronteiras,
ser livre em qualquer
céu, de qualquer cor.

Comentários

  1. as palavras
    que vazaram
    da tua poesia
    soltas que estavam
    vieram flutuar
    como nuvens
    nos céus
    de meu caderno.

    e agora
    enviam-me mensagens
    como gotas de chuva
    a dançar nas pétalas
    do jasmineiro
    que eu plantei
    num poeminha.

    Desculpe a pretensão, mas os teus poemas inspiram.
    Parabéns pelo Blog.
    O mundo precisa de mais poesia.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas