segunda-feira, 17 de agosto de 2015

quinta-feira, 6 de agosto de 2015



                                   Do e-book em processo de desenvolvimento Uni Duni Tê 





Esqueceu do aniversário,

do ascendente e dos mantras,

borrado rosto no coração.

Não lembra mais do cheiro;
e o cheiro, era perfume

lembrava o beijo,
 o cabelo, as mãos, o olho.

O amor prá sempre,
a promessa de felicidade,

que ia durar a vida inteira e que se acabou,

depois da volta inteira da ciranda

no salão de piso sem brilho.


Nunca fui tão linda, nem tão boa, nem tão eu.  Mais facilmente me balanço na teia da aranha, vejo flores de outras cores. Passarin...