gosto de viver atormentada,
por isso escrevo,
para que meu tormento
seja não lamento, mas
encanto em verso
disperso...

(para Entre Aspas)

Comentários

  1. Gosto de viver atormentada também...o tormento é uma saída para o caos do que não se pode reparar. Quando escrevemos expulsamos em convulsões lentas e às vezes dolorosa daquilo que não pode permanecer apenas para nós, mas sim também para uma margem de letras que corroem nossos olhos em cada Outdoor visto ao passear no zigue-zague das buzinas em automóveis.
    Na verdade não ia escrever nem um terço do que escrevi agora, mas as palavras me sairam assim...soltas na sua leveza merecida. Boa noite Leila. Gostei da sua passagem pelo meu blog. Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas