ainda vou chorar
por um bom par de dias
porcelanas quebradas
fotos desbotadas
folhas ao vento
meus manuscritos
me entregam ao sofrimento
ontem escrevi
esqueci
hoje letras que pegam fogo
destroem
marcam machucam
quero perdoar
a mim
por amar
não saber jogar ao vento
palavras que se fecham
e matam.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas