Agora não vejo mais a lua
fecharam minha janela,
nem meia lua nem lua inteira
os ares da madrugada
não me trazem mais 
o vento da liberdade,
fecharam minha janela
não vejo mais o céu
nenhuma estrela,
pelos teus olhos via o mundo
no teu riso a vida sorria
estou indo embora,
buscar cura para a dor
enxergar um novo céu
mesmo que no meu
sempre brilhem teus olhos 
estrelas num céu eterno.

Comentários

Postagens mais visitadas