A boca da noite
comeu a lua,
lambeu o verso,
descarado,
entre milhares de olhos,
ainda cantou um blues.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas