O amor foi o que aconteceu de mais intenso,
eterno,
como sempre desejei.
Lindo terno mãos nas mãos,
mais do que a desconfiança e a dúvida
foi  amor o que prevaleceu.
Mesmo findo o amor é lindo.
Lembrar dos momentos em cada amanhecer
em cada suor em cada riso.
O som da respiração no silencio
da vida,  em noites frias,
o riso esparso e a alegria sincera.
O amor esteve presente,
ainda está ainda vive,
mesmo que longe.
Tudo vale a pena mesmo que doa,
todos os sentidos à postos dispostos
numa deliciosa aventura de se pertencer
encontrando no outro nossa metade de tudo.
As meias verdades fazem parte do amor inteiro.
Ainda amo e sonho.
Viver é delírio.


Comentários

Postagens mais visitadas