Saber que a vida passa rapidamente,
que o broto nasce, floresce e cai, 
faz cada momento, ser
fantástica obra de um artista,
sem tendências, sem estilo.
Somos a obra inacabada, 
que procura o sentido,
do que não tem sentido.

Comentários

Postagens mais visitadas