Lá vai ela, displicente e bela.
Leva poesias ligeiras,
noiva de versos eternos
entre névoas, nuvens
rimas e absurdos.
Meia lua qse inteira
um epigrama,
 espalhado no céu.
 

Comentários

Postagens mais visitadas