A poesia simples
sem maquiagem
sem bronzeado
despida de vaidades
verseja sem remos.
É uma guria
caçando grilos, soprando brisas
mudando as estações
só pra se fazer feliz.

Comentários

Postagens mais visitadas