Lá vem ela,
aparecendo
por trás do morro,
dourada e silenciosa
indiferente,
refletindo luz
no castanho dos olhos
fazendo brotar poesia
em cada fio de cabelo,
da enluarada moça,
na janela.

(foto Rafael Compassi - Astrofotografia)

Comentários

Postagens mais visitadas