saiu pela porta
correu na rua
ardeu de febre,
encostou no muro
doeu de paixão,
desmanchou se toda
sem lágrimas,
pisou na imagem
cuspiu na sombra
e seguiu...



Comentários

Postagens mais visitadas