O Anjo fugiu do céu.
Louco!
Cansou do belo do amor da ternura.
Louco!
Despencou no desvario.
Louco!
Se engasgou com a luxúria,
despertou a cobiça
abriu as portas da
casa maldita.
Entrou.
Ficou.
Gozou!
Queimou as asas.

Comentários

Postagens mais visitadas