e quando deixarem 
sair para rua os loucos 
os poetas da noite
as malucas das manhãs de sol
sem roupas 
cabelos ao vento
sorrindo felizes
descalços sem culpa nenhuma
quem vai socorrer os 
sãos?

Comentários

  1. Borboletas uivantes tambem desnudas
    rasgam o fino véu das malucas manhãs
    e, assim, transformam os poetas das noites loucas
    em algo bonito...
    ♪ARPA♪

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas