Passo minhas noites a delirar contigo
caminha nas linhas da minha mão
meus pés calçam teu sonho,
teu olhar retém minha alma.

Abraça o braço que estende
beijo a imagem do cabelo  molhado. 

São dois cruzando estrelas,
 mirando o Sul,
navegantes solitários 
desacostumados em repartir comando.

Planto flores nas tuas palavras
afasta a bruma do meu nevoeiro.

Comentários

  1. Olá!Bom dia!
    Tudo bem?
    ... os delírios noturnos além do prazer ou da emoção pode revelar ás pessoas, o espaço que o situa e que o transforma... e também o significado do amor ao próprio amor...
    Boa quarta!
    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  2. Das plantações
    Florescem estrelas
    Na planta dos pés
    As folhagens
    Batem suas palmas
    E se espalham
    Molhadas na palma
    Em mãos e demãos...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas