Das horas que viverei contigo,
os instantes de pele o que mais espero,
andar sobre as tuas ruas cheirosas
de café cigarro e  lavanda,
 desertar das vestes
 encurtar os  dias,
 para viver as noites  em ti,
 somente em ti
 desejando e  ardendo
 como se fosse sonho,
 eu e tu
 as carnes  o desejo
paredes, com olhos tapados
frestas, de bocas silentes,
só nós,  nossos murmurios gritados
 eu e tu
viver em síntese
 a paixão que  brota
 uma vez
 outras vezes...

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas