Adalgisa  2008

O café com creme, uma pitada de menta
um blues rasgado... bem melódico
abraço
beijo
e o desejo que tuas angustias
de gente palavreira, que trás a sina de escrever,
seja uma angustia meio Manoel de Barros, que cheire a terra,
um tanto Caio Fernando Abreu,
que deslize entre a urbanidade dos sentimentos, desvalidos do coração ,
tantinho de  Adélia Prado e suas palavras,
feito vestidos de algodão secando ao varal.

Comentários

Postagens mais visitadas