Leila Silveira e o Espetáculo das Palavras

"Um sopro criativo varre a poesia de Porto Alegre"
Quem é Leila Silveira? Nunca vi. E apenas uma amiga de face. E é no face que todos os dias assisto ao espetáculo de suas palavras.
Elaboradas metáforas que dão um colorido todo especial ao insípido cotidiano, reescrevendo e reacendendo a chama de nossos sonhos. O leitor toma posse do que o poeta escreve
 e se torna seu intimo mesmo sem conhecê-lo. E essa relação se dá e acontece pelo que o poeta escreve. Uma relação pela palavra. Leila invade, de forma generosa a nossa privacidade. Revira nossas gavetas, escancara nossas portas de forma veemente, impetuosa e ao mesmo tempo delicada com seus versos.
A poesia de Leila é vivaz como um jato de luz que ilumina um ambiente escuro. Uma melodia inesperada no mundo literário.
Que os ventos soprem seus jasmins poéticos sobre todos nós.
(José Paulo Fontes)

Comentários

Postagens mais visitadas