Poesia sem fidalguia
afiada técnica
de enfiar o florete
na jugular.
Requinte na rima,
com lâmina lisa
fere desferindo
docemente.
Sangue na folha,
verso solto
mudo extingue,
sem gume,
morre de amor.


Comentários

Postagens mais visitadas