Bateu a porta
pintou as unhas
borrou aos passos
renasceu
nua nos braços
calmos
do amor estrangeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas