A poesia,
esta menina q anda nua,
faz troça das regras,
escorrega no verbo,
se lambuza de intenções e continua pura.
Feita de ingênuas línguas,
grita verdades quando murmura doçuras.

Comentários

Postagens mais visitadas