Tritão incendiava paixões,
ela desenhava o caminho,
resfolegando um amor
virtual
o amante das madrugadas
comia amarguras,
ela caiu em margaridas,
correu da solidão
que havia no soturno olhar,
vive em dias de sol
afastou as brumas
nenhum capitão do mar,
gira um sol bem no meio do peito
é feliz.

Comentários

Postagens mais visitadas