Lambuzou-se de creme 
olhando fundo naqueles olhos
no espelho,
descobrindo partes nascidas
esquecidas, 
temperou-se de cheiros
fechando os olhos,
ouvindo as elegias
descobriu
amarrada atada liberta,
asas que não deixam de voar.

Comentários

Postagens mais visitadas