ah a poesia...
se esbalda nas palavras
se veste
se despe
diz verdades que não são
fala mentiras que existem
diz dos sonhos interrompidos
dos desejos esquecidos
do abraço perdido
naquela rua,
daquele perfil
banhado de luar
do ombro tostado de sol
poesia é uma casa vazia
cheia de fantasmas
baile de máscaras que nunca acabou.

Comentários

Postagens mais visitadas