Meu melhor amigo
Tem consigo um amor
Que me joga farpas
Pelos olhos
Agulhas através da voz.

O amor do meu amigo
Não sabe que amor de amigo
É bonito inteiro pleno.

Sem o gozo do corpo
Só da Alma.

O meu amigo me faz
Dizer poesias
Acreditar na alegria
Sem culpa ou mágoa.

Amor de amigo
É abrigo abraço e canção.

Sem as sensações da carne
Amor de amigo
É chuva de verão

Lua cheia na beira do rio
Barulho do mar manhazinha

Cheiro de pão quentinho
Cabelo molhado no vento

Gosto bom da vida
Na boca lambuzada
De versos
para dizer
Quanto te amo meu amigo.

Ela é mais
Tem meu amigo parceiro
Dentro e fora.

Eu, tenho amigo fagueiro
Brejeiro, flor sem estação.

Comentários

Postagens mais visitadas