A porta abriu
e o Cruzeiro do Sul
não estava mais lá,
dor sangrenta
agonizante desesperada,
nem a lua cheia
nem as estrelas,
tudo sumiu
o deus desapareceu.
como veio
sumiu
esvaneceu,
deixando no ar
vontade de dizer
as palavras
que não foram ditas.
sem Luz
não há escuridão
ali só existe o nada...

Comentários

Postagens mais visitadas