Alta madrugada
os grilos, a lua,
uma cantoria desafinada,
nossos risos.
O veludo da noite
cobria ombros,
descobria-nos.

Comentários

Postagens mais visitadas