O azul intenso do céu
Contrastando com o rumor negro
Cheio de ironia
Do olho acusativo.
Vestes frescas levam pesados
Bordados,
Nasceu da ilusão
Curtido na desconfiança,
Chorou ao se olhar no espelho.
Alucinado, não estava presente,
Nada fazia diferença naquele cenário,
Montado para uma história
De amor.
Só pão com café e uma luva,
Sobre a mesa...

Comentários

Postagens mais visitadas