.

Na incerteza foi em frente, sob chuva,
no escuro,
melhor andar que sonhar.
A poça d'água molha os pés
engole as lágrimas,
não lava a alma,
passos esparsos num mundo
quase sem encanto,
este é o caminho de quem acorda
ao lado do espanto.
Sacudido do pesadelo,
tropeça nas lembranças
se socorre das memórias.
Na certeza de que um dia existiu verdade,
antes do temporal.


Comentários

  1. _Na incerteza foi em frente, sob chuva,
    no escuro...Mto bom gostei deste delírio poético, um mimo, pra vc bjos, bjos e bjosss

    ResponderExcluir
  2. obrigada pelo mimo, bom dia querido. bjos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas