O verso hiberna em mutação,
experimenta a transição.
Renasce palavra onde 
o verbo não encaixou.
Rebrota, contradizendo
o destino.

Comentários

Postagens mais visitadas