Dobrando uma curva
depois da terceira estrela
me deparo com poeta maluco
palavras doces
fortes braços tatuados
sorriso de marinheiro quando parte
olhar de marujo de todos os portos
na cabeça um lenço
me diz :
posso voltar a ser cigano...


Comentários

Postagens mais visitadas