Quase nada,
vagar entre estrelas
sonhar com
deuses ...


Comentários

  1. quase nada...
    seus poemas são agradabilíssimos de ler!

    um beijo

    ResponderExcluir
  2. Quase lúdico. Quase fada
    Quase tudo, contudo
    Acende o brilho das estrelas
    Na prateleira
    Palavras já não esperam pela noite
    Saltam da boca rouca
    Loucas, para entre estrelas despertar...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas