o blues me invadiu

Preciso de

um litro de vodka pura

dois ou tres cds de blues


uma noite ao luar,

para te contar

do meu ano passado.

abre espaço para meus fantasmas

cada gole um risada um olhar


um amor.


senta para ouvir o meu passado,

não te assusta

o vento vai soprar


trazendo o perfume


que atravessa o tempo
,

balança o cabelo
e

rasga a alma


como um blues.

Comentários

  1. A maior pérola do blog até agora!
    Orgulho-me por partilhar desta criação!

    Bjão!

    ResponderExcluir
  2. Ora... lá vem você

    Insistente

    Com este olhar

    Inebriante

    De quem tudo quer ter

    E este teu jeito

    Bamboleante

    De andar

    Saltitante

    E conquistar

    O que vê



    E o teu modo

    De querer

    Arquejante

    Destilando palavras roucas

    No meu ouvido

    Às vezes dissonante

    Para tentar em mim reviver

    Mesmo que seja um instante

    Este sentimento retumbante

    Como se fosse anjo-cupido



    E eu, suplicante

    Desejo

    Por favor

    Não me faça sentir

    O poder cintilante

    Deste teu beijo

    De amor

    Para eu não me trair

    E que não vejas

    Por um minuto que seja

    A minha fraqueza

    De não poder resistir

    MQ

    ResponderExcluir
  3. Muito, mas muito bom mesmo. Gostei demais. Me dá até uma certa nostalgia de algo que não vivi. Ou se vivi, não lembro.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas