MULHER DA VIDA
Mulher da Vida,
Minha irmã.
De todos os tempos.
De todos os povos.
De todas as latitudes.
Ela vem do fundo imemorial das idades
e carrega a carga pesada
dos mais torpes sinônimos,
apelidos e ápodos:
Mulher da zona,
Mulher da rua,
Mulher perdida,
Mulher à toa.
Mulher da vida,
Minha irmã.’

cora coralina

Comentários

  1. No efémero filtra-se sempre o essencial.
    (Inspirada foto!)

    Beijo :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas