Diz (quase) tdo...

Um vestido disperso
Um despir diz: perto!
Debaixo de cobertas
Descobertas...
Lá fora um cinzeiro
Aqui dentro, desconexo
Invento o inverso
Dispenso os verbos
Salto sobre os predicados
E saboreio os adjetivos.
Ah! Emoção sem juízo...

À mulher q me diz tdo... Leila Silveira
 
Américo Flávio

Comentários

  1. Olá! Como vai? Espero que tudo esteja ótimo. Aliás, ótimo como este seu belo blog. Gostei bastante
    dos seus textos, parabéns! E da legibilidade, da simplicidade e da originalidade do layout também!
    Espero que continue criando e escrevendo. Seus amigos, na certa, agradecerão e lhe farão cada vez
    mais elogios. Sei que às vezes parece que um blog é tão difícil de vingar, mas não podemos nos
    esquecer de que tudo que vale a pena é trabalhoso e leva tempo. No caso de um blog, podem ser
    anos. Por isso, temos de persistir até dar certo! Farei uma visitinha sempre que puder. E agradeço de
    coração se visitar o meu blog. Lhe desejo muita felicidade e que seus escritos lhe tragam uma porção
    de novos amigos! Aproveito e deixo aqui um convite para que visite minha página em
    http://chintzywag.blogspot.com.br. Comecei a postar há pouco tempo, mas espero que um dia meu
    blog seja lindo como o seu! Abraços, Angela.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas