escreva,
 minha ilusão precisa de sonhos,
envie tuas cartas mensagens sopros
pois minha vida é feita de devaneios,
me prenda entre tuas palavras
me acenda e deita,
me acorda entre vírgulas,
quero estar na tua frase no teu visor,
me entenda e faça colares das minhas
súplicas, regras, desfeitas,
muitas mensagens encordoadas enfeitadas,
me apresenta para teu eu,
novo velho, cheio de senões,
se perca escrevendo madrugadas
na minha pele,
me encontre entre as balbúrdias do meu amor,
entre meus lábios minhas bocas,
me aceite me devolva inteira,
não me queira e me deseja
me tenha e me solta como balão,
enfim seja um sonho bem feito
eternizado entre minhas pernas
meus sulcos meus fluidos minhas gotas
abra tua boca e me leia,
me abasteça de ti ,
me alimente de si,
me mate mas me diga uma palavra,
ansiosa nervosa raivosa
com todo teu estranho amor.


Comentários

  1. dito e feito
    no ar raro efeito.
    sobre beijos
    deleitos, delitos
    e desejos. Tudo
    tudo... tudo...
    arquiperfeito.
    superlativos desejos.
    Só não aceito
    devoluções...


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nem correntes ou defeitos,
      relógios do tempo, marcando
      um contratempo.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas