garrafas ao mar !!!!
marujo desesperado envia carta de amor
à sereia d'trás as ondas,
sente sua falta mesmo sabendo
que viver com ela é estar molhado
cheirando a peixe e, ter por sogra
alguma Orca ou Mãe D'água,
que no dia das núpcias
algum golfinho desavisado
venha roubar a noiva ou,
tubarão reclamar seu terno amor.
cartas ao mar! garrafas ao marujo,
que a noite é longa e as estrelas
se retiraram , a lua cheia
desenha poesias na areia que clareia.

Comentários

Postagens mais visitadas