As garras do passado magoam a alma,
Cerram cortinas.
Pesadas, calam os sinos.

Beija flor procurou outros jardins
Nenhum aroma,
Entre as grades.

O pó do tempo cobrando amor,
Aprisiona o espírito.

Na caixa tantas imagens guardadas,
De fora um ser solitário,
Esquecido entre as pedras.



Comentários

  1. Mais uma bela postagem, um pqueno texto, porém com um imensurável recado, gostei muiiito, bela ideia, pra vc bjos, bjos e bjosssssssssssssss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas