Obviamente que se dói, o cristão reclama,
nem samaritano desce do lombo do burro 
para pisar em pedras quentes.
Quero minha estrada longa e desafiante
entendendo porque da vida, só levo 
as flores os bons momentos o  vago tempo.
Me deito na ponte e deixo passar um trem,
sem medo, mas tenho pavor semirracional,
se as perguntas fazem eco e não tem ninguém
que possa responder.



Comentários

Postagens mais visitadas