Se puder, mande algumas flores,

este vaso vazio sobre a mesa,

destoa da cortina, que balança faceira,

carregada de sempre vivas...



Comentários

Postagens mais visitadas