Letras escoradas
uma na outra.

Pontuadas pelo doce
da vida,
inexistente.

Palavras que viram
histórias,
contos caminhos.

São poesias, fragmentadas.

Comentários

Postagens mais visitadas