Posta teu poema em mim...
Derrama tuas letras
na minha boca.
Quero acordar com
hálito da tua rima.
Amanhecer feito
jornal,
aberta nas tuas mãos.

Comentários

  1. As palavras
    Amanhecem descobertas
    Suspirando ávidas
    Reportam paisagens
    Letra por letra
    Várias... Vadias...
    Refazem-se
    Embaixo... Em cima
    No poema de teu corpo
    Minha rima

    Páginas abertas
    Folheio o jornal
    Pétala por pétala
    Despertas...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas