(foto de Américo Flavio)
Na mudança das estações, nenhuma flor geme.
Aparecendo o broto,
esplendor da natureza,
algum duende matreiro, sorri,
no jardim novo, floradas
e borboletas...

Comentários

Postagens mais visitadas